Internet, onde vamos chegar?

Seremos máquinas ou humanos?

Esta semana falamos muito sobre a internet e este é o assunto que colocamos em debate entre o grupo hoje, pois esse é um assunto que a cada dia abre mais espaços para nos comunicar e nos trás novidades e oportunidades á todo momento, mas será que estamos seguindo o caminho certo?

É Orkut, Facebook, Linked In, Google+, Youtube, Vimeo, Twitter, Blogs, MSN, Skype e muito mais, a indústria das mídias sociais não para, a cada dia uma nova aparece e não temos mais como fugir, pois é muita informação e nós temos que estar conectados, pois é assim que à grande massa chamada mercado e sociedade, exige.

Mesmo querendo fugir desse mundo totalmente virtual que nos aproxima e também nos distancia do ser humano, não conseguimos, ou seja, podemos falar com quem quisermos, mas não mais tocamos as pessoas, o nosso toque virou clique com as pontas dos dedos em um rato que não trás mais nojo as pessoas.

Engraçado, passamos a ter contatos em todo o mundo, receber convites, mas todos virtuais, vivemos já em uma era desconectada do ser e daqui para frente será ainda mais virtual.

Já podemos fazer faculdade dentro da nossa casa, o caderno se transformou em tablet e a escrita é coisa do passado, será que vamos abolir a escrita no mundo e vamos aplicar um chip na cabeça de cada um como se fossemos maquinas com todas as informações necessárias?

O ser humano atravessa um momento de dúvida, serei máquina ou humano? A dúvida a cada dia bate a sua porta, pois não temos mais controle da criação, pois o criador criou um ser que abusa da sua inteligência e nos coloca em um momento de plena evolução tecnológica e com toda uma agressão natural.

A grande criação chamada Mãe Natureza que conecta o ser com todo o cosmo, ou seja, com toda rede natural, fauna, flora, humanidade e universo está se desconectando e nós conectados ao mundo virtual e expostos na vitrine chamada internet.

Você se expos, mas será que está consciente desta exposição?

Toda tecnologia é bem vinda desde que não agride a essência, acreditamos que estamos indo muito além do que estamos preparados, mas ainda não tomamos consciência disso.

Ótimo domingo pra você que está conectado neste momento lendo este texto ao invés de estar conhecendo o mundo real.

Mais sobre este assunto clique aqui e aqui

Anúncios

ECO – Estudos, Conscientização e Obediência

Esta semana nosso foco principal foi falar sobre natureza, ecologia, saúde e sustentabilidade.

A sigla ECO vem de Ecologia, mas nós gostaríamos de dar um novo significado a essa sigla, pois ECO para nós é; Estudo para conhecer e entender o ciclo natural do planeta, Conscientização pra respeitar e não impactar ainda mais o eco sistema e Obediência, saber que a Mãe Natureza tem a mesma representação da nossa Mãe e ser obediente a ela, é saber respeitar não só o planeta, mas sim, todos nós que vivemos nele.

Bom, depois da nossa nova versão para a sigla, vamos falar dos assuntos que mais nos chamou atenção nesta semana e vamos começar por segunda feira,  pois o destaque ao onze de setembro que toda mídia mais uma vez fez questão de enfatizar este mês, mas a mídia esquece  que o Tsunami matou muito mais gente e não é tão divulgado como deveria, pois a natureza já não agüenta mais tantos maus tratos, e nós, continuamos a fechar os olhos para ela.

Na terça focamos os hábitos alimentares, pois estamos vendendo hábitos e alimentos que na verdade não fazem nada bem, mas nós insistimos em criar propagandas para vender esse tipo de produto, afinal, esse é nosso ofício, mas será que estamos sendo éticos?

Na quinta além de falar do Rock in Rio, foi um dia para se pensar em deixar o carro em casa e participar do Dia Mundial Sem Carro, mas você deve estar pensando, mas só um dia, não adiantaria, verdade, mas você tentando um dia, poderá ver que consegue fazer isso nos outros dias e acaba percebendo que o carro não é tão útil assim, pois tente, não custa e a natureza agradece.

Na sexta feira tivemos a chegada da Primavera que embeleza todos os cantos e o perfume paira pelo ar nos proporcionando belas imagens e cores surpreendentes.

Bom, esses foram os assuntos, diversificados, mas não fugindo do mesmo foco, essa semana,  foi uma semana um tanto quanto ecológica e isso nos faz parar e pensar em um novo momento para nós publicitários, será que não está na hora de começarmos a mudar nossas posturas? Já não passou do tempo de propor idéias sustentáveis para nossos clientes? Não está na hora das escolas e faculdades passar a informar melhor sobre sustentabilidade e preparar seus alunos e os futuros profissionais para terem um cuidado maior com a natureza?

Ficam as perguntas para sua reflexão.

Um bom domingo com práticas sustentáveis pra você.

Primavera, eu vejo flores em você

Hoje celebramos a chegada da primavera, para muitos, nada muito importante, mas para os mais sensíveis uma forma de enxergar a sua volta e ver toda a arte e decoração que a Mãe Natureza nos proporciona em cores, formas e perfumes.

A Primavera todo ano nos presenteia com belos arranjos naturais, se você passa todo dia pela mesma rua para ir ao trabalho, voltar para casa ou ir á escola, você irá perceber que o cenário mudou, está muito mais colorido e muito mais harmonioso.

O significado da chegada da Primavera além de embelezar todos os lugares por onde passamos, também trás muitas transformações, é uma estação de mudanças, pois, chegam às primeiras chuvas que irão alimentar as plantas que ficaram adormecidas durante o inverno. Assim, elas começam a despertar, nascem folhas novas e as primeiras flores. Também divide a noite e o dia pelo meio com o mesmo tempo de duração, ou seja, doze horas de luz e doze horas de noite e assim mostra toda a perfeição e o equilíbrio da Mãe Natureza.

Se pararmos para analisar cada flor, poderemos ver que cada uma trás uma forma diferente e cada uma também trás cores que inspiram o seu dia, nós como publicitários temos a obrigação de perceber esses detalhes, pois em cada um deles, brotam novas idéias.

Se você gosta de flores e quer conhecer um pouco mais sobre elas, este é o ultimo final de semana da Expoflora em Holambra, este ano, o tema da exposição de arranjos florais, uma das principais atrações da Expoflora, é o Ano Holanda Brasil, em comemoração aos 100 anos da imigração holandesa no país. Entre as atrações fixas estão, também, a 7ª Mostra de paisagismo e jardinagem, Minha Casa & Meu Jardim, a Chuva de Pétalas, o passeio turístico por Holambra, que inclui a visita a um campo de flores, as danças folclóricas e a culinária holandesa.

Mais informações: www.expoflora.com.br

Bom final de semana pra você, com flores, perfumes e cores.

Fotos: Gui Venturini

A propaganda como direito à conscientização.

Quando pensamos em propaganda, logo vem à cabeça milhares de anúncios, sejam eles vídeos, outdoors, cartazes, revistas, mas sempre lembramos algum bem de consumo, como um carro, uma bebida, uma roupa, enfim, o que devemos lembrar é que essa não é a única utilidade da propaganda, precisamos valorizar também a propaganda voltada para as causas sociais, para o meio ambiente, que nos dias de hoje é um tema que se deve dar extrema importância.

E falando em meio ambiente vale ressaltar a ONG WWF, que atua internacionalmente, e tem a missão global de conter a degradação do meio ambiente e construir um futuro em que o homem viva em harmonia com a natureza.

Suas propagandas são realmente muito bem feitas, algumas chegam até ser chocantes, fazendo com que qualquer pessoa que assista reflita sobre o assunto por, pelo menos, alguns minutos.

A agência DDB Brasil produziu uma propaganda para a WWF em 2008, quando estava prestes a completar 8 anos do incidente do 11 de Setembro, o comercial causou impacto e polêmica, pois ligava o fato ao Tsunami, afirmando que: “ O Tsunami matou 100 vezes mais pessoas do que o 11 de Setembro de 2001. O planeta é extremamente poderoso. Respeite-o. Preserve-o.”

Os dois lados da moeda são trágicos, mas o mundo deu muito mais ênfase para o 11 de Setembro, e esqueceu outras tragédias que foram piores, e da ênfase até hoje, neste ano não foi diferente. Na verdade, não deveriam se preocupar tanto em mostrar a tristeza das pessoas que perderam parentes e amigos no atentado, e sim em passar conteúdo, informação, conscientizar pessoas, falar do que realmente é mais preocupante, e não relembrar o mundo todo de uma tragédia que todos querem esquecer.

Uma ótima semana pra você.